O que é o selo verde?

O selo verde é uma certificação que ressalta a responsabilidade ambiental de empresas na execução de suas atividades com menor impacto ambiental, assim, demonstra através de um selo que determinada companhia adota um processo produtivo que causa menos impacto ao meio ambiente e também reduz o consumo de recursos naturais (INSTITUTO ITAJAÍ SUSTENTÁVEL). 

Fonte: https://www.pexels.com/pt-br/foto/fotografia-de-baixo-angulo-de-um-predio-alto-305833/

O selo verde vem sendo um diferencial que fortalece e valoriza a imagem do empreendimento, ele é um atrativo para investidores e consumidores, sendo assim é mais uma estratégia de mercado e que gera benefícios para empresa e para o meio ambiente.

Tipos de Selo Verde

Segundo Haroldo Mattos de Lemos (Presidente do Instituto Brasil PNUMA – Comitê Brasileiro do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e vice-presidente da ISO – Organização Internacional para Normalização) a ISO estabeleceu uma classificação que indica três tipos (AMBIENTE MELHOR):

  • Tipo I: fornecido por uma instituição de terceira parte, e tem como base alguns critérios de ciclo de vida. É regulamentado pela NBR ISO 14024, que estabelece os princípios e procedimentos para o desenvolvimento de programas de rotulagem ambiental, incluindo a seleção de categorias de produtos, critérios ambientais e características funcionais dos produtos e critérios para avaliar e demonstrar sua conformidade;
  • Tipo II: autodeclarações ambientais informativas, fixadas pelo próprio fabricante. É normalizado pela NBR ISO 14021, que permite às empresas divulgarem na mídia os benefícios ambientais que o produto alcança. Para isso, a norma descreve uma metodologia de avaliação e verificação geral para etiquetas ambientais próprias e métodos específicos de avaliação e verificação para as declarações selecionadas. 
  • Tipo III: exige a avaliação do ciclo de vida como requisito ao selo ambiental. É, portanto, um programa voluntário que fornece dados a partir de critérios de terceira parte. Devido à complexidade da implantação da ferramenta de análise, este tipo de selo é utilizado apenas entre empresas – business to business. Ele viabiliza a um importador solicitar o selo ao produtor internacional, sem que esta atitude seja considerada barreira alfandegária.

O Brasil tem diversas certificações verdes que vão além da ISSO 14001, sendo as que mais se destacam (LEMA AMBIENTAL): 

  • Procel Edifica: objetivo expresso de promover o uso racional da energia em todas as fases das edificações; 
  • Liderança em Energia e Design Ambiental - LEDD: busca a transformação dos projetos, obras e operações das edificações com foco na sustentabilidade; 
  • Carbon Trust Standard: reduzir o consumo de energia, de água e diminuir as emissões de CO2; 
  • BREEAM: permite avaliar o desempenho das medidas de redução de impacto ambiental na construção civil; 
  • Forest Stewardship Council - FSC: certifica áreas e produtos florestais, como toras de madeira, móveis, lenha, papel, nozes e sementes; 
  • ISO 50001: sistemas de gestão de energia, que irão medir e monitorar o uso de energia, identificando pontos a serem melhorados, para redução do consumo e de emissão de CO2; 
  • Rainflorest Alliance Certified: certificação socioambiental que busca o respeito à biodiversidade e aos trabalhadores rurais; 
  • Ecocert: certifica alimentos orgânicos e cosméticos orgânicos ou naturais; 
  • CESVI: certifica oficinas mecânicas que adotam efetivas práticas ambientais; 
  • Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica - Procel: certifica equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos, destacando aqueles que apresentam os melhores níveis de eficiência energética.

Fonte: https://pixabay.com/pt/illustrations/verde-relva-grama-lâminas-de-grama-1974056/

Quais os benefícios para empresas?

O Selo Verde traz consigo uma série de vantagens que, além de ajudar a conservar o meio ambiente por ter um processo produtivo mais sustentável, aumenta a competitividade no mercado. Os principais benefícios são (EESC Jr, 2021):

  • Redução de custos: com a redução de recursos ambientais a empresa consegue reduzir custos na cadeia de produção. Redução do uso da água, energia elétrica, embalagens são alguns meios e isso faz com que também haja menos desperdício;
  • Ganho na competitividade: os investidores estão mais interessados em empresas que têm menos riscos e isso inclui risco ambiental, e com o ESG (Environmental, Social and Governance) isso tem ficado mais evidente. As carteiras de fundos de investimento estão sendo mais aplicadas em empresas que pensam além do lucro, mas também nas questões sociais e ambientais. Além disso, os consumidores têm buscado por produtos que causem menos impacto ambiental;

Fonte: https://www.pexels.com/pt-br/foto/bambu-banco-margem-ribanceira-9755390/

  • Credibilidade no mercado: o selo verde possibilita que a empresa tenha uma imagem melhor no mercado, garantindo mais credibilidade, o que acarreta mais portas abertas, como exportações, melhor valor da empresa na bolsa de valores e mais investimento;
  • Melhor relacionamento interno: funcionários, prestadores de serviço, colaboradores e parceiros começam a de fato “vestir a camisa da empresa”, pois há uma mudança de percepção e com isso maior conscientização. Além de contribuírem mais para um planeta mais saudável!

O selo verde é um diferencial para qualquer negócio! É preciso evoluir, ter lucro sem causar danos ao meio ambiente e sociedade, pois isso não é mais aceitável.

Siga nossas redes sociais para continuar aprendendo sobre os assuntos mais relevantes relacionados à água e meio ambiente: 

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Facebook

Siga-nos no LinkedIn

Siga-nos no Twitter

Inscreva-se no YouTube

Fonte: 

AMBIENTAL MELHOR: 

http://www.ambientemelhor.com.br/index.php/artigos/item/112-classificacao-de-selos-ambientais

EESC JR.: https://eescjr.com.br/blog/selo-verde/

INSTITUTO ITAJAÍ AMBIENTAL: https://inis.itajai.sc.gov.br/selo-verde

LEMA AMBIENTAL: 

https://lemaambiental.com.br/certificacoes-verdes-por-que-e-quais-sua-empresa-precisa/

O Instituto Água Sustentável promove o uso sustentável da água através do desenvolvimento de estudos, projetos e pesquisas e da realização de eventos científicos e educativos.
2021 © Todos os direitos reservados. Versão web 3.2.